quinta-feira, 6 de maio de 2010

É o ministério A Voz da Verdade uma igreja evangélica?




O unicismo é hoje uma das doutrinas que mais causa transtornos aos evangélicos brasileiros. Dentre os assim chamados "sabelianistas" (defensores ou seguidores da doutrina de Sabélio), a Igreja "Evangélica" A Voz da Verdade é uma das que mais se destacam em nosso país; são exclusivistas e não medem palavras ao nos chamar de “desviados”. Embora não possa ser comparada a Igreja Tabernáculo da Fé – que também professa o unicismo – a IEVV é, sim, uma seita. Para um estudo completo da teologia unicista, confira aqui.

Origem

A IEVV foi fundada por Freud Moisés, após uma revelação que o tornaria conhecido como o “homem que encontrou Jesus no cinema”. Filho de libaneses, converteu-se em 1953. Antes foi um farrista, um jogador viciado, mulherengo e sem paz. Teve um chamado “especial”, Jesus apareceu-lhe na tela de um cinema e disse que o faria pescador de almas. Transformado e arrependido começou a anunciar que existe somente um Deus e seu nome é Jesus. Dezenove anos depois, em 1973, Freud Moisés daria inicio ao conjunto Voz da Verdade, na antiga Igreja Pentecostal Unida do Brasil, da vila Paraíso, Santo André (SP). Depois de alguns conflitos surgidos entre o conjunto e a Igreja local, envolvendo questões de usos e costumes, se desligam, para fundar, na rua Casa Branca, 168, no bairro do mesmo nome, a Igreja Evangélica Voz da Verdade. Ali permaneceu, até se mudar para o seu atual endereço, no antigo cinema Tangara II, no Studio Center, no centro de Santo André. [1]

Como parte de seu programa anual, realizam periodicamente acampamentos em que são ministrados estudos e outras atividades da Igreja, sempre regadas ao som do conjunto A Voz da Verdade.

Declaração doutrinária

O Estatuto da Igreja Evangélica A Voz da Verdade (IEVV) assim declara:
  1. Quando a Bíblia se refere a Deus, esta falando no Espírito Santo que é o Pai, criador e sustentador de tudo;
  2. Jesus tanto é o Pai, como é o Filho;
  3. Antes da manifestação de Jesus como homem, não havia Filho de Deus (somente os anjos eram tidos como filhos de Deus);
  4. Jesus pode ser Pai e também Filho? É muito lógico que sim, pois Ele é Deus. [2]

Literatura

A única “obra” impressa pela IEVV é o pequeno livrete “Revelação do Amor”, de Rita de Cássia Moisés. Com um total de 48 páginas, esboça de maneira superficial a doutrina unicista. É uma obra que, diferente do livro A Unicidade de Deus – de David K. Bernard -, não pode ser considerada uma “jóia” da literatura unicista. Dentre os principais temas abordados, destacamos:

  1. Conheça a Bíblia Sagrada;
  2. Cristo, a Palavra Viva;
  3. Quem afinal é o Senhor?
  4. Quem é Deus senão o Senhor?
  5. A natureza de Jesus: divina e humana;
  6. O que Deus diz de si mesmo?
  7. O batismo segundo a Bíblia;
  8. O mistério de Deus: Cristo;
  9. Deus estava em Cristo reconciliando o mundo com sigo mesmo;
  10. Deus em Jesus.

Escândalos

Para refrescar um pouco a memória dos que acreditam que o conjunto tem algum compromisso com as igrejas evangélicas, vejamos a seguinte linha cronológica de escândalos envolvendo A Voz da Verdade.

a. No dia 11 de maio de 1993, o CLC (Centro de Literatura Cristã) enviou uma carta para o Ministério Voz da Verdade suspendendo a distribuição do seu material, até que o referido explicasse a possível evidência de louvores a deuses estranhos. A resposta foi dada pelo pastor da Voz da Verdade cinco dias depois dizendo que não precisava do CLC e que seria um favor o CLC não adquirir seu material: "Não precisamos do Centro de Literatura Cristã; vocês e nada são a mesma coisa!". [3]

b. Inconformado com as verdades reveladas na lição 5 da revista da Escola Dominical, intitulada "Seitas Modalistas", do segundo trimestre de 1997, em que o pastor Esequias Soares da Silva menciona o conjunto Voz da Verdade com sua igreja na lista das seitas unicistas, o pastor Freud Moisés telefonou para o pastor Esequias ameaçando levar o caso aos tribunais. Após isso, o conjunto resolveu produzir um CD, distribuído gratuitamente para os crentes, com três estudos bíblicos defendendo o unicismo. [4]

c. Um certo jornal de Bauru, edição de julho de 1999, pág. 10 publicou a seguinte manchete: “Voz da Verdade diz que não é seita”. Tratava-se da apresentação do conjunto por ocasião do lançamento do seu CD – “Quando Deus se cala”. Estiveram presentes, segundo o jornal, cerca de 1500 pessoas, que pagaram de R$ 8,00 a R$ 10,00 pelo ingresso. O gasto total foi de R$ 12.000,00 e só o Voz da Verdade cobrou R$ 4,5 mil livre. Na entrevista concedida por um dos integrantes da banda, afirmou ele: “Atualmente o grupo Voz da Verdade tem sido perseguido por um fantasma: o boato de serem uma seita que prega heresias. Comentários, no mínimo, maldosos sendo que até agora ninguém provou que isso seria verdade. [5]

d. Nenhum outro escândalo teve maior repercussão do que o ocorrido em maio de 2001. Por ocasião do Fest-Gospel 2001, o pastor Carlos A. Moisés desafiou os pastores presentes a provarem que Deus tem sócio. Argumentou que quem acredita na doutrina da Trindade acredita nos ensinos pregados pelo Papa. Questionados pelo CACP via e-mail, o Pr. Carlos A. Moisés enviou a seguinte resposta: "Primeiramente, eu gostaria de lhe informar que quem vos escreve é o mesmo que estava gritando no palco em São José do Rio Preto. Em segundo lugar, não estou nem um pouco preocupado... você e nada pra mim é igual a NADA. Alguém, como você, que nega o nome de JESUS não é merecedor de minha apreciação. Se a tua igreja não cantar, MILHÕES de igrejas cantarão por todo o Brasil, por isso você não faz DIFERENÇA. O dia que você conseguir fazer com que as igrejas de todo o país parem de cantar nossos hinos, aí você será um vencedor”.

Esse é o conjunto que o pastor Samuel Ferreira diz tanto gostar. Rasgue então sua Bíblia e entre para as fileiras unicistas, ou então testemunhe firmemente sua crença. Como diz o professor Esequias: a doutrina da Trindade é uma questão de vida ou morte. Infelizmente poucos líderes parecem levar isso a sério, abrindo suas portas e permitindo que o conjunto faça de suas ovelhas consumidores de suas músicas e CDs, além de embutir em sua mente a crença em um deus que se manifesta ao homem através de máscaras ou manifestações.


Referências Bibliográficas
  1. MOISES, R.C. Revelação do Amor, A Voz da Verdade, pág. 6.
  2. A Igreja Evangélica a Voz da Verdade e o Unicismo, Defesa da Fé, ano 3, número 20, março de 2000, pág. 54.
  3. Manual de Apologética Cristã, Esequias Soares da Silva, CPAD, pág. 334
  4. Ibidem, pág. 333
  5. Igreja Evangélica A Voz da Verdade. Será? Natanael Rinald, revista Defesa da Fé, março de 2000, pág. 52
Fonte: INPR

9 comentários:

  1. as canções do conjunto voz da verdade todas são baseadas no pai no filho e no espírito santo. pai criador filho salvador e espirito santo consolador, enão é incoerênte dizer que o ministério e conjunto voz da verdade é uma seita e que são unicistas. a bíblia diz que conhecemos a árvore pelos frutos e sou testemunha das inumeras pessoas que foram resgatas pelas canções do conjunto pessoas que aceitaram a jesus e são edificadas com as canções do conjunto, ao invés de tocarmos pedra acho que devemos seguir o exemplo do ministério e pregar a palavra ao inves de entrarmos en vão discursos onde a contenda e não há o espirito de deus: (isto é bíblico)E NÃO ESQUECENDO QUE A BÍBLIA FALA DA TRINDADE MAS SABEMOS QUE É UM SÓ DEUS. paz seja convosco

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz Anne,
    o artigo em questão foi escrito baseado em artigos publicados e também em estudos que há no próprio site do conjunto Voz da Verdade. Não há nenhum engodo no que se está falando aqui nesse artigo, o Conj. Voz da Verdade é Unicista sim.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas

    ResponderExcluir
  3. Trindade é uma farsa!
    Jesus Cristo sendo o verdadeiro e único Deus tem incomodado muitos irmãos que crêem, mais na trindade, do que em verdades bíblicas, tenho e considero muitos irmãos na fé que são trinitarianos, mas não concordo com essa doutrina e posso até concordar um dia se conseguirem me mostrar na bíblia o seguinte;
    -Um irmão, ou seja, lá quem for dentro da bíblia pronunciando ou dizendo crer na trindade.
    -Um irmão, ou seja, lá quem for dentro da bíblia pronunciando que o Pai ou o Filho ou o Espírito Santo, são três pessoas distintas.
    -Um irmão, ou seja, lá quem for dentro da bíblia pregando ou pronunciando; Deus Pai, Deus Filho ou Deus Espírito Santo.
    -Um irmão, ou seja, lá quem for dentro da bíblia pregando ou pronunciando que Deus são três e não que Deus é um.
    O fato de o trinitarianismo dominar e ser a maioria que a defende entre os que se dizem cristãos, não implica dizer ou afirmar ou ser dono da razão.
    Consciência correta é afirmar que a Palavra é quem esta com a razão, e observar e se limitar dentro Dela.

    refutem sobre esta passagem judas 04;Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo.


    AMEM!

    ResponderExcluir
  4. A Doutrina da Trindade

    A palavra Trindade vem do latim "trinitas", que significa "estado de
    ser três". Não é uma doutrina fácil de se entender, mas é verdadeira. A
    Trindade, embora não seja uma palavra encontrada nas Escrituras, por ser
    um termo teológico posterior ao tempo bíblico, se acha exposta na Bíblia.


    O AT insiste constantemente na afirmação de que há somente um
    Deus (Dt 6:4,5; Is 44:6 - 45:25). O NT concorda (Mc 12:29,30; I Co 8:4; Ef 4:6;
    I Tm 2:5), mas fala também de três pessoas - Pai, Filho e Espírito Santo -
    que operam juntos para realizar a salvação (Rm cap. 8; Ef 1:3-14; II Ts
    2:13,14; I Pe 1:2).


    Portanto, a doutrina da Trindade é a união de três pessoas, o Pai, o
    Filho e o Espírito Santo, em um só Deus, sendo iguais, eternos, da mesma
    substância, embora distintas, sendo Deus cada uma das três pessoas (Mt
    28:19; I Co 12:4-6; II Co 13:13; Ef 4:4-6).

    As três pessoas são identificadas uma com a outra, demonstrando a unidade (Jo 10:30; 14:8-11; At 5:3,4).

    Há um único e verdadeiro Deus (Dt 6:4; I Co 8:4-6), mas na unidade
    da divindade há três pessoas eternas, iguais em substância, mas distintas
    em subsistência.

    Observe agora que cada uma das três pessoas é chamada de Deus
    Verdadeiro:

    1) Deus (Dt 4:35,39; Is 44:6,8; 45:5,21; 46:9)

    * O Pai é Deus - Jo 17:3; I Co 8:4,6; Ef 4:6.
    * O Filho é Deus - Jo 1:1; Rm 9:5; Hb 1:8,9 (compare com Sl 45:6,7); IJo 5:20.
    * O Espírito Santo é Deus - At 5:3,4; 7:51 (compare com Sl 78:18,19).


    2) Iahvé (Dt 6:4; Ne 9:6; Sl 83:18; Is 45:5,6,18)

    * O Pai é Iahvé - I Sm 2:2; I Cr 17:20; Is 37:20.
    * O Filho é Iahvé - Is 40:3 (compare com Mt 3:3); Jr 23:5,6.
    * O Espírito Santo é Iahvé - Jz 15:14 (compare com Jz 16:20); Hb 3:7
    (compare com Êx 17:7); II Pe 1:21 (compare com Nm 12:6).


    3) Deus de Israel (Dt 5:1,6,7)

    * O Pai é Deus de Israel - Sl 72:18.
    * O Filho é Deus de Israel - Ez 44:2; Lc 1:16,17.
    * O Espírito Santo é Deus de Israel - II Sm 23:2,3.


    4) Senhor (Mc 12:29)

    * O Pai é Senhor - Ml 1:6; Mt 21:9; 22:37; Ap 11:15.
    * O Filho é Senhor - At 10:36; Rm 10:12; I Co 12:3; Ef 4:5; Fp 2:11.
    * O Espírito Santo é Senhor - Is 6:8-10 (compare com At 28:25-27); IICo 3:16-17.

    Veja ainda, alguns atributos divinos aplicados às três pessoas:

    1) Eterno (Is 40:28; 41:4; 43:10,13; 44:6)

    * O Pai é Eterno - Sl 90:2; 93:2.
    * O Filho é Eterno - Is 9:6; Mq 5:2; Jo 1:1; 8:58; 17:5,24; Ap 1:17,18.
    *O Espírito Santo é Eterno - Gn 1:2; Hb 9:14.


    2) Criador (Is 44:24; 45:5-7,18)

    * O Pai é Criador - Ne 9:6; Jr 27:5; Sl 146:6; At 14:15.
    * O Filho é Criador - Jo 1:1-3; Cl 1:16-18; Hb 1:2,10.
    * O Espírito Santo é Criador - Jó 26:13; 33:4; Sl 104:30.


    3) Fonte da Vida (Dt 32:39)

    * O Pai é Vida - Sl 36:9; At 17:25,28.
    * O Filho é Vida - Jo 1:4; 11:25.
    * O Espírito Santo é Vida - Rm 8:2; Jó 33:4.

    4) Onipotente = Todo Poderoso (Dt3:24; Sl 89:6-8; Is 43:12,13; Jr 10:6)

    * O Pai é Onipotente - II Cr 20:6; Is 14:27; Ef 1:19.
    * O Filho é Onipotente - Mt 28:18; Fp 3:21; Ap 1:8; 3:7.
    * O Espírito Santo é Onipotente - Zc 4:6; Lc 1:35; Rm 15:13,19.

    5) Onipresente = Está em Todo Lugar ao Mesmo Tempo (Jr 23:23,24)

    * O Pai é Onipresente - Am 9:2,3; Hb 4:13.
    * O Filho é Onipresente - Mt 18:20; 28:20; Jo 3:13.
    * O Espírito Santo é Onipresente - Sl 139:7-10; I Co 3:16; Jo 14:17.

    6) Onisciente = Sabe de Todas as Coisas (I Rs 8:39; Dn 2:20-22; Mt
    24:36)

    * O Pai é Onisciente - Sl 139:1-6; I Cr 28:9; 29:17; Sl 7:9; Is 42:9; 43:12;
    48:5-7; Lc 11:49; Ap 22:6.
    * O Filho é Onisciente - Mt 9:3,4; Jo 2:24,25; 16:30; 21:17; Cl 2:2,3; Lc
    19:41-44; Jo 6:64; 18:4.
    * O Espírito Santo é Onisciente - Ez 11:5; Rm 8:26,27; I Co 2:10,11; Lc
    2:26; I Tm 4:1; I Pe 1:11.


    Quem pode contestar esses princípios bíblicos?

    ResponderExcluir
  5. Falar contra o Conjunto Voz da Verdade nos dias de hoje (onde os crentes, em sua grande maioria, só querem saber de "oba oba" e emocionalismo); um grupo que está sempre a gravar canções extraordinárias e que tem tido uma grande aceitação no meio evangélico e sucesso sempre crescentes, é como falar ao vento e esmurrar o ar. Desde quando esta geração está preocupada com doutrina, ortodoxia, princípios bíblicos e conhecimento da palavra? Muitos até chegam à dizer: "Que importa se eles são unicistas!... O importante é que eles tocam profundamente a minha alma" (com heresias, diga-se de passagem). Entre uma bela melodia e uma verdade bíblica, muitos optam por àquela e desprezam esta, de sorte que o grupo Voz da Verdade protagoniza a real situação de muitas igrejas e de muitos crentes hoje (de muitos, mas não de todos), qual seja, a escassês de conhecimento da palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  6. Graça e paz Fernandito.
    Você apontou o que realmente está acontecendo nos dias de hoje entre os evangélicos, muitos não estão preocupados com a ortodoxia e sim com as suas emoções, querem sentir, mas não querem entender e aprender a verdade bíblica. Por isso que conjuntos unicistas, adventistas e tantos outros que destorcem a Palavra de Deus fazem tanto sucesso em nosso meio. Aí você diz para a pessoa: "essa música não é bíblica, aí o outro responde: Mas é tão bonita!". Isso é lixo embalado em papel de presente, mas tem gente que não se importa.
    Fique na Paz!
    Pr. Silas Figueira

    ResponderExcluir
  7. Quanto ao post do "unicismo", não preciso me estender em muitos textos pra que isso fique claro. No batismo de Jesus,o texto é bem claro ao se ver três personagens distintos, Jesus que havia acabado de descer as , o céu se abre, o Espírito Santo DESCE dos céus (logo, não podia ser Jesus), e do ALTO se ouve dos céus, uma voz (de alguém que estava no céus, logo, não era Jesus, nem o Espírito Santo, que havia descido em forma de pomba), dizendo, referindo se a Jesus: "ESTE(outra pessoa), é MEU(o Pai) FILHO amado, em QUEM me comprazo.
    No Getsêmani, Jesus ao orar(pra ele mesmo?vamos ver...), declara PAI, se possível, passa de mim esse cálice, mas que se faça a TUA(do Pai)vontade, e não a MINHA(dele, Jesus).
    Jesus disse que ELE iria subir, mas que ele deixaria OUTRO CONSOLADOR;
    Na crucificação, Jesus se coloca como FILHO, e em seguido, como SERVO do PAI, por fim, como FILHO novamente: primeiro pediu como FILHO: PAI, perdoa, eles não sabem o que fazem! Em seguida, clama "DEUS MEU, DEUS MEU, PORQUE ME DESAMPARASTE?" Em conclui antes de morrer: PAI, em TUAS mãos, entrego o MEU espírito!
    Quanto ao fato de serem UM, não significa serem a MESMA pessoa, isso já foi discorrido acima. A Igreja, é composta de quantos milhões de indivíduos, de pessoas? Mas esta não é UM só corpo?

    ResponderExcluir
  8. Quanto ao conjunto, eu particularmente, considero ser o melhor conjunto da música gospel nacional, e isso é reconhecido por seus prêmios, ouço, louvo com essas canções, afinal Paulo recomenda examinarmos TUDO, reter o que é BOM, e desse conjunto retenho muita coisa boa, musicalmente falando.
    Lembro do que Jesus disse ao escritor de um evangelho, três epístolas e o livro da revelação, o Apocalipse, João, quando este impediu um homem de expulsar demônios em nome de Jesus, porque não andava com eles, Jesus da uma lição, não só pra eles, mas pra nós!
    Além do mais, dizer que Deus não pode usar esse conjunto, então podemos rasgar a Palavra e viver de acordo com nossas convicções, sermos doutores de nós mesmos! Temos sim que dizer como fiz acima, o que diz a Palavra, mas esta mesma, diz que não nos cabe julgar os outros, ainda que fossem o joio no meio do trigo, cabe a Deus tratar-lhe, e não a nós. Fica a lição de Davi em relação a Saul.

    Fiquem na paz do SENHOR!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Tiago.
      Eu também acho as músicas deles muito lindas. E oro para que o Espírito Santo abra os olhos deles para que vejam a verdade de que o nosso Deus é trino, mas um em excência.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir