segunda-feira, 26 de outubro de 2015

SEXO FORA DO CASAMENTO PARA CERTO BISPO "PODE".


Por Pr. Silas Figueira


Certo bispo escreveu em seu site a respeito do sexo fora do casamento. Para ser mais exato, entre jovens namorados ou noivos. Para ele não há problema algum, afinal de contas os tempos mudaram e creio que para ele a Bíblia também. Veja parte do texto que ele escreveu sobre o assunto: 

"O ideal é que fosse praticado entre pessoas comprometidas através do casamento. Eu disse: o ideal. Isso não me dá o direito de dizer que quem o pratica fora do casamento seja necessariamente um pervertido, um fornicário, um ser desprovido de moral.

As convenções sociais evoluem ao longo do tempo... Hoje em dia, ninguém em sã consciência planeja se casar cedo. Cada vez mais, moços e moças optam por terminar seus estudos, encontrar um bom emprego e só então pensar em constituir família. Quando isso ocorre, a maior parte já está lá pelos 24, 25 anos. Esperar todo este tempo para fazer sexo é um verdadeiro desafio. Quem consegue deveria ser considerado um herói. Obviamente, creio que a graça de Deus possa nos habilitar a isso. Porém, não me vejo em condição de tornar isso numa regra".

No entanto, essa ideias não é algo novo no "mercado gospel". O falecido Bispo Robson Cavalcante em seu livro Libertação e Sexualidade já falava a mesma coisa em 1990. 

Diz ele em seu livro quando trata de Matrimônio e Pré-Matrimônio em relação ao sexo entre noivos: "...O namoro ou noivado puros seriam os assexuados, reprimidos (para muitos cristãos). O noivado puro é o noivado maduro, comprometido, ajustado, sadio". E ele diz mais: "As relações pré-conjugais e pré-matrimoniais tendem a se tornar conduta legítima no Ocidente, representando uma revolução quanto ao mito histórico do hímen e da virgindade feminina (virgindade física vs. virgindade moral) e um desafio para deslocarmos nossa ênfase do casamento como instituição sócio-jurídica-eclesiástica para entendê-lo como um relacionamento interpessoal, desburocratizando-o, encarando-o de modo menos farisaico e mais humano e cristão. Um desafio, igualmente, para um repensar e uma revalorização do noivado livre e maduro". E conclui: "Que não se pode exigir da pessoas realmente comprometidas e que se amam, sob constrangedora tensão sexual, que simplesmente "deixem para depois", quando uma vez formados e com um bom carro, etc. Enquanto isso..."

O que mais temos visto hoje em muitos púlpitos são pregadores do Egito. São aqueles pregadores que se levantam no meio do povo de Deus e diz que eles deveriam voltar para o Egito, pois lá tem peixes de graça, pepinos, melões, alhos silvestres, cebolas... (Nm 11.4,5). São líderes que tem saudade do mundo e querem trazê-lo para dentro da igreja. São líderes que pregam um outro evangelho e não o Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo. Evangelho esse que nos diz que devemos ter uma vida santa e irrepreensível. 

Em 1 Coríntios 7.2 claramente inclui o sexo antes do casamento na definição de imoralidade sexual, todos os versículos bíblicos que condenam a imoralidade sexual como sendo pecaminosa também condenam o sexo antes do casamento como pecado. O sexo antes do casamento faz parte da definição bíblica de imoralidade sexual. Existem inúmeras Escrituras que declaram o sexo antes do casamento como sendo um pecado (Atos 15.20, 1 Coríntios 5.1; 6:13, 18; 10.8, 2 Coríntios 12.21, Gálatas 5.19, Efésios 5.3 ; Colossenses 3.5, 1 Tessalonicenses 4.3; Judas 7). A Bíblia promove a abstinência completa antes do casamento. O sexo entre o marido e sua esposa é a única forma de relações sexuais que Deus aprova (Hebreus 13.4).

Para não nos prolongarmos mais nesse assunto vou lhes dá o exemplo da criação, quando Deus dá orientações ao primeiro casal, que acabara de formar: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.” (Gênesis 2.24). Esse texto já nos traz uma ideia bem clara sobre a vontade de Deus no relacionamento de um casal! Homem e mulher tornam-se “uma só carne” – expressão usada para a relação sexual – após assumirem um compromisso um com outro e perante a sociedade (deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher). É evidente que o texto fala do sexo dentro de uma união de casamento! Por mais que alguns “moderninhos” tentem defender o sexo fora do casamento como correto, não dá para enquadrá-lo dentro da orientação de Gênesis 2.24! Palavras essas repetidas por Jesus quando questionado a respeito do casamento (Mt 19.5).

O Senhor disse para Caim que o pecado jazia a porta de seu coração, mas cabia a ele dominá-lo (Gn 4.7). Nós não estamos aqui para condenar quem fez sexo fora do casamento, mas estamos tentando mostrar que isso não é certo, mas condenado pela Bíblia e quem fala ao contrário do que está escrito está mentindo. 

E há uma leva de pregadores do Egito hoje em muitas igreja e na internet. Tome cuidado e fique com a Palavra de Deus e não de ouvidos a tais falsos profetas do inferno.

Pense nisso!

5 comentários:

  1. Sem citação de autoria, e fonte o texto fica sem autoridade.

    É bíblica a citação de nome das pessoas que contradiziam as Escrituras.

    Himeneu, Fileto, Diótrefes, Marcos, Alexandre, o latoeiro,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz meu querido irmão Paulo.
      Aqui está o link para o irmão acessar e ler o que o Bispo Hermes escreveu: http://www.hermesfernandes.com/2015/10/sexo-antes-do-casamento-pode.html
      Depois me retorne para dizer o que achou do texto dele.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir
    2. Deixei o comentário abaixo:
      "Acredito que os argumentos desenvolvidos se tratam de opiniões pessoais e não opiniões do alto, vindas do Senhor.
      É um texto que tem como propósito difundir os princípios das trevas e, por ele, a autopromoção.
      É maisuma evidência da apostasia predita".

      Grato sou ao Irmão pela possibilidade de constatar a manifestação das trevas em "nome do senhor".

      Que o Altíssimo seja com o Irmão.

      Excluir
    3. Graça e Paz Paulo.
      Infelizmente esses líderes tem muita influência sobre os incautos. E, na verdade, tem muita gente querendo ouvir esse tipo de mensagem. O evangelho que fala de vida santa não agrada essa gente.
      Que o Senhor nos livre desses instrumentos do diabo.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir