segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Reconstruindo o Daniel Mastral: antes tarde do que nunca



“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!” – Jr 17.5

Hoje tive uma agradável surpresa ao ler uma nova entrevista do escritor Daniel Mastral (nome fictício) ao site Guia-me, indicada na comunidade do orkut Filhos do Fogo do Mariel Marra, também conhecido como o Crítico.

Não está entendendo nada? Bom, senta que lá vem a história!

Daniel Mastral diz ter pertencido, no início de sua vida adulta, a um grupo satânico chamado Irmandade, que estaria planejando a subida do Anticristo ao poder. Entre magias contra os adversários, mega-sacrifícios, riqueza e poder, os satanistas também se empenhavam, na época, em contaminar as igrejas. Segundo o Mastral, algumas igrejas teriam sido criadas pelos próprios satanistas a fim de formar cristãos mornos, afinal se achar cristão não era o problema, o problema era o ser de verdade. Porém um dia o Mastral se converteu a Cristo, e a partir de então passou a escrever seus livros.

Os principais são a trilogia Filhos do Fogo I e II (sua história na Irmandade, leitura de terror proibida para menores de 18 anos), Guerreiros da Luz I e II (sua vida pós-conversão, cheia de perseguições por parte dos outros satanistas) e Voz do que clama I e II (sua vida missionária, quando passou a fazer os Seminários de vários níveis nas igrejas, que por sua vez se mostravam corruptas, não lhe pagando o devido). Porém há outros livros como Satanismo, Alerta Geral e Rastros do Oculto. Nesse último, o autor conta as intervenções satânicas desde o Antigo Egito até os dias de hoje e traz uma revelação satânica discutível: a de que haveria pessoas nascidas com um propósito especial, o de serem generais da batalha espiritual, e que essas pessoas tinham um “selo”, identificável pelos satanistas através de numerologia cabalística. Descoberta a pessoa, os satanistas passariam a interferir desde sua infância, a fim de enche-la de traumas e feridas que a aprisionariam e a incapacitariam de exercer seu ministério no futuro. Nos seminários, o Daniel Mastral dizia enxergar uma luz especial sobre os “selados” participantes do evento e esses eram chamados para receberem uma unção especial.

Quando de sua libertação do satanismo, Mastral foi ministrado pela Apóstola Neuza Itioka, do Ministério Ágape de Reconciliação. A expulsão de todos os demônios teria demorado uns 3 anos. A partir de então, Mastral passou a fazer seus seminários sob a cobertura espiritual de Neuza Itioka e do Apóstolo Jesher Cardoso da Missão Shekinah, outro ministério de libertação e cura interior. Regularmente indicava esses ministérios para quem buscasse solução para seus problemas e concordava plenamente com seus métodos, como a quebra de maldições hereditárias, como pode ser lido na resposta à pergunta 6 de uma entrevista anterior:
http://www.bandasoldier.hpg.ig.com.br/entrevista_satanismo.htm

Daniel Mastral promoveu seminários em todo o Brasil, colecionando nesse interim milhares de fãs. Sim, essa é a palavra: fãs de seu ministério, pessoas que maravilhadas com a grandiosidade do seu testemunho se submetiam totalmente aos seus ensinamentos. Ainda hoje há seus defensores ferrenhos, e ai de quem disser uma palavra contra o ungido de Deus Mastral!
Com o surgimento do Orkut, um dos seus admiradores, Mariel Marra, fundou comunidades com o nome dos livros do autor para debater sobre batalha espiritual. O próprio Mariel foi ex-wicca, fez os cursos de libertação e cura interior da Neuza Itioka e acreditava naqueles ensinos, aliás como muitos de nós. Por conta das comunidades chegou a ser procurado pelo Mastral (conhecido por não conversar com ninguém nos seminários) e tudo ia bem, até que, movido pelas Escrituras, Mariel passou a questionar alguns ensinamentos do Mastral.

A gota d’água foi seu questionamento sobre se Mastral ou Itioka teriam provado, segundo 1 Jo 4.1, o anjo Mikhael, que constantemente aparecia ao Mastral, e que foi reconhecido como o arcanjo Miguel bíblico. Essa demonstração de “rebelião” (não de bereianismo, claro) foi suficiente para que o Mastral intimasse seus seguidores a se afastarem das comunidades do Mariel.
Chegou-se a roubar a senha de administrador e excluir as comunidades sob o grito, por parte dos seguidores ferrenhos, de “caiu a Babilônia”, porém dias depois o Orkut restituiu as comunidades ao seu dono e os que gritavam se calaram e resolveram deixar o assunto ser esquecido com o tempo. A partir de então, Mariel Marra tornou-se uma voz apologética através de seu blog Ponto Crítico e de suas comunidades.

Pois bem. Anos se passaram, a Apóstola Neuza Itioka deixou de ser cobertura espiritual do Mastral e de sua esposa Isabela e hoje li a tal nova entrevista citada no primeiro parágrafo desse artigo. Alguns trechos interessantes:

“A igreja está doente, ferida, contaminada. Mergulhamos um evangelho místico, cheio de dogmas, rituais, receitas, que levam nada a lugar algum. Nos afastamos dos preceitos de Cristo: amor, unidade, oração, jejum. Jesus não ensinou aos seus discípulos demonologia, mapeamento espiritual. Não fez atos proféticos para restaurar Jerusalém, não fechou templos pagãos. Ele ensinava vida com o Pai. Oração, jejum, intercessão, unidade, amor. Antes que qualquer coisa é necessário restaurar a Noiva.”

“Em Ezequiel cap. 18 vemos claramente que não há maldição hereditária. Cristo levou maldição na Cruz. Nos esquecemos que nosso Deus é um Deus de bênção. Ele visita até 1000 vezes aqueles que fazem a sua vontade. Mas bênção e maldição depende de onde está seu coração.”

(sobre utilização de unção em chakras pelos ministérios de libertação): “Devemos olhar para Cristo. Há um ditado que diz que você é aquilo que come. Se você se alimenta da Palavra, terá uma vida espiritual sadia e o Espirito Santo te dará discernimento para todas as coisas. O que não agradar ao Pai, você saberá, pois entristecerá o Espírito que habita em sua vida.”

(sobre seus objetivos na atual batalha espiritual): “Resgatar valores de Cristo. Ensinamentos de Cristo. Restaurar a Noiva e prepará-la para Jesus. Promover a unidade, o amor. Estimular as vidas a terem vida com Deus de fato e não de fachada. O que Jesus fez em plena Batalha Espiritual que viveu na terra? Orava, ía ao deserto, orava, jejuava. Subia ao monte, orava. Não batia o pé no chão, não gritava, não fazia atos proféticos. Apenas buscava a face de Deus. Moisés fez isso, Josué fez isso, Pedro fez isso. Nós devemos fazer isso!”


É interessante a mudança de posicionamento de Daniel Mastral. A Ap. Neuza Itioka e cia. dão até curso de Atos Proféticos, tal a importância que dão ao assunto.

Ainda há muitas dúvidas a respeito do próprio testemunho do Daniel Mastral e sua relação com seus familiares, tidos por ele e sua esposa como pessoas que se tornaram suas inimigas, talvez pela revelação (ou revelamento) de que o autor fora gerado numa relação extra-conjugal de sua mãe com um importante satanista do “partido do foguinho” (que tem o fogo em seu logotipo), e sua família não aceite essa versão, ainda mais num livro que vendeu talvez milhões de cópias. Também até hoje falta ao Mastral pelo menos um pedido de desculpas ao Mariel por conta do roubo e exclusão de suas comunidades, ato que no início foi citado como pela “vontade de Deus”, mas que foi desfeita em poucos dias, mostrando-se apenas a simples e prepotente vontade de homens.

Independente de tudo isso, é bom ver que o autor pelo menos reviu alguns dos valores espirituais que defendia. Não sei se foi por revelação de Deus ou por ter perdido a cobertura espiritual de sua antiga tutora, mas de qualquer forma isso mostra a todos nós, e em especial a seus seguidores-cegos-ferrenhos, que não devemos confiar cegamente em nenhum ensino e em nenhum homem, por mais maravilhoso ou ungido que possa parecer. A verdade é e está apenas em Deus e na Sua Palavra.

Que essa nova entrevista do Mastral sirva, pelo menos, para tirar da prisão sem algemas (que são as teorias de libertação e cura interior de alguns ministérios) os incautos que se deixaram fascinar pelo testemunho maravilhoso do autor. A batalha espiritual não é privilégio de ex-satanistas: é a luta diária de todos os cristãos pela renovação das suas mentes em Cristo.

15 comentários:

  1. Eu já fiz o seminario batalha espiritual nivel I com o Daniel Mastral. Foi uma roubada e tanto, mas olhando pra trás percebo a importância, porque posso falar como alguém que ouviu da boca do próprio Daniel Mastral as bobagens que ouvi.
    Tenho um cunhado que ficou meio "treze", tudo era do diabo, tudo era pecado, tudo era maldição hereditária, graças a Deus essa febre passou.

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz Meire. Eu já li muita coisa sobre batalha espiritual e realmente se a gente se deixar levar fica bitolado. A impressão que a gente tem é que Deus é um fracote e o diabo que é o todo poderoso. Eu li um dos livros do Daniel e fiquei com o pé atrás...
    Fique na paz!!
    Pr Silas

    ResponderExcluir
  3. Interessante esta mudança do Mastral. Já tive oportunidade de ouvi-lo pregar e gostei bastante. Fico somente em dúvida em relação a todos relatos do livro (o próprio Ubirajara, editor dos livros, diz que se trata de uma ficção romanceada e deve ser interpretada como tal.). Fica díficil discernir o que é fato e o que é ficção.

    ResponderExcluir
  4. Graça e paz Daniel. Eu nunca o ouvi pregando, mas li um dos seus livros e até me deram dois dvd's dele, mas também não tive interesse em ver, embora eu creia na ação de Satanás sobre as pessoas e até as use para seus maus intentos. E esse agir dele está em todas as camadas da sociedade. Mas uma coisa é batalha espiritual séria, outra é fantasia. E o que eu tenho lido, boa parte está mais para a fantasia. Espero que o Mastral esteja se centralizando na Palavra.
    Fique na Paz!!
    Pr Silas

    ResponderExcluir
  5. Pq em vez de vcs ficarem discorrendo sobre a vida de Daniel Mastral, ou seja la quem for, nao vao pregar a volta de Cristo. Isso eh mto mais importante e interessante que ficar julgando se ele eh certo ou nao! Jesus está as portas, e vcs aiii falando de uma pessoa, que bem ou mal, levou mtos a Cristo! E essa historia, que fulano ou siclano, ficou assim ou assado pq leu os livros, eh desculpa pra quem naum lê a Palavra de Deus, pq quem lê sabe mto bem discernir as coisas, e nao se deixa abalar com certas coisas, e consegui mto bem discernir o que eh de Deus e o que eh do maligno! Daniel, deixa bem claro em seus livros que a historia eh romanciada, que naum leu isso, entao naum leu tdo! Quem 'segue' ou vira 'fã' dele por ter lido ou assistido seminarios, nao tem base biblica e nao sabe mto bem ao que serve... Temos que reter o que eh bom! E vamos procurar proclamar a volta de Cristo, em vez de falar da vida dos outros, pois somos nos que daremos contas de nós mesmo com Deus...
    a Paz

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o comentário acima.
    Se o referido homem está a rever valores e princípios, mudando de postura, isso nao indica estar certo ou errado, mas amadurecimento. Pedro, Moisés, Josué, Elias, todos eles passaram por crises e amadureceram, mudaram seu ponto de vista e discurso.
    Ao invés de atacar publicamente aqueles que, em sua limitacao, estao edificando o Reino de Deus, devemos nos concentrar em fazer o que nos cabe.
    Quem lê as cartas de Paulo entende esse princípio.
    Se por orgulho ou por bondade, importa que o evangelho seja pregado, e cada um prestará contas de si mesmo.
    Confrontacao só é legítima quando vem de um coracao que ama e tem relacionamento direto com a pessoa confrontada - como Deus faz conosco.
    O que passar disso é apenas para ferir e destruir vidas.
    Enquanto irmaos ocuparem seu tempo acusando outros ao invés de investirem tempo e amor em vidas, o verdadeiro inimigo continuará intocado.
    Que tal mais textos e artigos sobre oportunidades e formas de servir a amar uns aos outros ao invés de coisas que só fomentam rancor e divisao no corpo de nosso amado Jesus?
    Que tal retirar esses textos e substituí-los por testemunhos de restauracao de relacionamentos, conversoes de quem antes detestava Jesus, transformacoes de comunidades através do evangelho, relatos de quem conseguiu perdoar mágoas e feridas profundas... Isso sim exala o perfume de Cristo.
    Paulo já nos alertou: cuidado para que nao devoreis uns aos outros.
    Que a paz seja sobre cada um de voces.

    ResponderExcluir
  7. Acredito que ser for tudo uma mentira uma hora ha de vir transparecer e sendo assim ele será desmascarado porque se verdade n ão fosse tudo o que ele tem relatado sobre o mundo paralelo nada disso teria sentido acredito que ele tem condições o suficiente de comercialisar outros tipos de literaturas certo porque historias para contar não lhes faltam,acredito que ninguem persistiria tanto tempo se realmente fosse tudo isso uma mentira, digo isso porque tenho alguns testemunhos vividos por mim na minha vida que atraves de suas revelações teriam lógicas pelas coisas q aconteceram e acontecem comigo,a verdade é uma só Deus julgará cada um conforme suas obras.

    ResponderExcluir
  8. Irmãos,
    Eu li a trilogia Filhos do fogo e gostei muito,tanto que esse fato me motivou muito a asistir seus seminários e tanto eu como minha esposa participamos dos 4 módulos,não no intuido de sermos "doutrinados" mas sim, adquirir mais conhecimentos.(Examinai tudo. Retende o bem 1 Ts 5:21).DEUS nos fez ir muito mais além, pois nos fez descobrir através de seminários o nosso verdadeiro chamado e nisso temos crescidos muito,mesmo porque só mesmo a palavra de Deus é o que deve nos instruir a cerca de todas as coisas. Quando participamos do primeiro seminário em conselheiro Pena, fomos agraciados por ele e sua secretária,pois nos deram carona até Gov. Valadares e por algumas horas durante a viajem conversamos e rimos muito.Ele é muito cômico(rs..rs).Só o vimos nos outros congressos, repito a vocês foram muito bons,foram sempre muito proveitosos.Temos lido algumas críticas feitas contra a pessoa dele e não concordamos.Em certos artigos é notado nítidamente sentimentos de raiva expressos em relação a Mastral.É bom lembrar que toda a crítica é boa e se faz necessária desde que seja focada na obra e não no autor.Desculpem-me mas esse é meu ponto de vista,não vejo o Daniel Mastral como o certas pessoas o vêem,Pelo contrário,conhecí uma pessoa que expõe questões que outros líderes não têm coragem de falar embora deveriam,e vi nele também uma pessoa que tem uma enorme bagagem de conhecimentos tantos bíblicos quanto extra-bíblicos e que não se gaba por isso mas compartilha a outrem sem querer ganhar, se quer algo em troca, e sem falar que(digo isso porque o conheci pessoalmente), é extremamente moderado,zeloso,muito divertido e o mais importante; libera amor quando fala, o que vemos em poucos líderes.Fato é que muitas das vezes ligamos a tv para ouvir uma palavra edificante e ouvimos poucos que pregam bem, desses que pregam bem,poucos são os que liberam palavras que edificam.Sabe por que?Muito simples,não amam.Isso mesmo, têm muito conhecimento mas não têm amor.Vemos líderes realmente sisudos em palavra mas não transmitem amor,não transmitem porque não têm, se encheram de conhecimento e não sobrou espaço para o Amor.
    Meus irmãos não o autor, julguem a obra.Observem e retenham o que é de proveitoso, o que não for joguem fora.

    A Graça e a Paz de Cristo Jesus sejam com todos!!!

    Daniel Santos

    ResponderExcluir
  9. Li a trilogia do Mastral já 2 vezes. Fui muito edificada com o PODER DE DEUS em sua vida.Concordo com o irmão acima, pois também consigo ver muito amor na fala, na expressão e dedicação que Daniel tem com o ministério que Deus lhe deu. Não tive o prazer de participar de seus seminários, mas já adquiri o nível 1 e sempre acompanho seus artigos em seu site o que me edifica muito e continuo a perceber seu amor e zelo com o Reino do Pai.

    Paz do Senhor
    Cilene

    ResponderExcluir
  10. jean
    Helom ***:
    Depois de tanto refletir, hj cheguei a conclusão de jogar todos os 4 volumes dos Livros: Filho do Fogo e Guerreiro da Luz no lixo.
    Jogando no lixo ou não, não vai abalar minha fé, é que deu vontade mesmo.

    Alguém aqui já tomou alguma atitude parecida?
    Vc já leu mesmo... e como o livro é seu poderá fazer o que quiser só não acho inteligente de sua parte, poderia edificar outras vidas com ele, eu fui no curso ontem do Daniel foi uma benção impossível não enchergar o Espirito de Deus naquelas pessoas quando se tem a Cristo há transformação, perdão, quebrantamento,vi isso naquele lugar, e olha que ja passei grandes decepções com pessoas crentes já fui muito machucado pelo corpo de cristo, mas estas machucaduras me tornaram mais resistentes e mais atento. As lutas nos fortalecem.que todos tenham paz que todos deem o melhor de si que todos do corpo de Cristo lutem com as armas que o senhor Jesus nos ensinou. Amor fé perseverança, jejum oração, prontos para ouvir e tardios no falar. Shalon
    13:26 (29 minutos atrás) excluir
    jean
    Tive minha postagem deletada ha poucos minutos atrás, gostaria de saber se esta comunidade, é uma comunidade democrática, que todos possam se expressar,civilizadamente sem agredirem ninguém, ou se aqui é uma comunidade que só defendem os que falam mal de Daniel Mastral? respeito a opinião de vcs mas tenho a minha, sem ofender e criticar ninguem apenas disse que para minha vida foi edificante ler os livros como tb ir aos seminários, vejo nestes guerreiros frutos diginos para o reino de Deus,é aquela historia pelos frustos se conhece a arvore... Quais os frutos desta comunidade abençoada cheia de servos de Deus que são tardios no falar e prontos a ouvir?
    Que Jesus Cristo Filho de Deus que morreu por nós pecadores e nos deu seu perdão, nos lavou com seu sangue carmesim nos trouxe vida em abundancia, nos resgatou das trevas para sua maravilhosa luz esteja com todos vcs desta comunidade hoje e sempre guiando todos os seus caminhos Shalon
    primeira | < anterior | próxima > | última

    ResponderExcluir
  11. tenho varios livros do daniel mastral,li e indico a todos QUE TEM UM CHAMADO MAIS PROFUNDO PARA A BATALHA ESPIRITUAL!!seus ENSINAMENTOS tem me ajudado bastante, pois como vamos combater o inimigo se nao sabemos como ele ataca,digo a todos que antes de fazer criticas a alguem ore a DEUS e reveja seus conceitos,pois tenho notado que qdo uma pessoa comeca a dar ensinamentos a respeito do diabo maioria do povo (EVANGELICO) vai contra a pessoa e faz das palavras desta pessoa uma eresia,nao se esquecam pois a ´palavra de DEUS diz(PROVAI OS ESPIRITOS PRA VE SE PROCEDEM DE DEUS E JESUS TAMBEM DISSE QUE UM REINO DIVIDIDO NAO PODE SUBSISTIR,SE O DANIEL FALA DE JESUS DE ACORDO COM A BIBLIA E PREGA CONTRA SATANAS, O QUE VCS CRITICOS DE PLANTAO TEM CONTRA A PESSOA DELE, PELO AMOR DE DEUS MUDEM ESTES CONCEITOS ERRADOS E BANAIS, SATANAS NUNCA VAI QUERER QUE NOS SAIBAMOS DAS ARTIMANHAS DELE,AO CONTRARIO VAI COLOCAR NA MENTE DE PESSOAS SEM SABEDORIA E DICERNIMENTO QUE TUDO NAO PASSA DE FANTASIA.
    O MUNDO ESPIRITUAL ESTA MUITO MAIS PRESENTE EM NOSSAS VIDAS DO QUE VCS QUE NAO TEM A MENTE ABERTA PENSAM, ABRA O OLHO POVO DE DEUS, SE VCS CONTINUAREM COMO ESTAO NAO VAO CHEGAR HA LUGAR ALGUM, SE NAO FOSSE ASSIM O APOSTOLO PAULO NAO DIRIA(REVESTIVOS DE TODA ARMADURA DE DEUS PARA QUE NOS DIAS MAL POSSAIS SUPORTAR E OREM EM TODO TEMPO, PQ SATANAS ANDA A DEREDOR RUGINDO COMO UM LEAO, PELO AMOR DE DEUS( SE DANIEL MASTRAL NAO E CONTRA NOS,ELE E COM NOS, AMEM

    SATANAS E MENTIROSO E SE POSSIVEL FORA ENGARA ATE OS ESCOLHIDOS DE DEUS(LEMBRAM DESTE VERSICULO EM APOCALIPSE) ABRAM O OLHO ATE O BRANCO E RECEBAM O ENSINAMETO DE DEUS ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS!
    BRAULIO LISBOA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Braulio.
      Fico feliz em saber que esse tipo de leitura está lhe ajudando, só lhe dou um conselho: "não troque a Bíblia por esse tipo de leitura e veja se o que o Mastral fala tem base nas Escrituras Sagradas". Outra coisa, Deus é maior que Satanás não se esqueça disso.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira
      PS: Eu também já li os livros do Mastral.

      Excluir
  12. Li os livros dele contando a história dele e tal...até dá para engolir, mas quando fui ler outro livro, "Rastros do oculto", deparei-me com ensinamentos deturpados e antibíblicos...Ele pode ser engraçado, amoroso, uma simpatia de pessoa e tal, mas tudo isso não é garantia de tudo o que ele prega esteja conforme as escrituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz Rachel.
      Você usou de discenimento, sabendo separar a pessoa do que ela ensina. Que o Senhor lhe ajude a se manter assim.
      Fique na Paz!
      Pr. Silas Figueira

      Excluir